Previsões para o 18th Screen Actor Guild Awards

Hoje a noite teremos o 18th Screen Actor Guild Awards, a premiação do sindicato dos atores, que funciona como o maior termômetro para os vencedores das categorias de atuação dos Oscars. A premiação será televisionada pela TNT e irá começar a partir das 22h, no horário de Brasília. Como de costume, abaixo segue a lista das nossas apostas para os vencedores da noite.

Outstanding Performance by a Male Actor in a Leading Role
George Clooney – Os Descendentes 

Outstanding Performance by a Female Actor in a Leading Role
Viola Davis – Histórias Cruzadas

Outstanding Performance by a Male Actor in a Supporting Role
Christopher Plummer – Toda Forma de Amor

Outstanding Performance by a Female Actor in a Supporting Role
Octavia Spencer – Histórias Cruzadas

Outstanding Performance by a Cast in a Motion Picture
Historias Cruzadas – Jessica Chastain, Viola Davis, Bryce Dallas Howard, Allison Janney, Chris Lowell, Ahna O’Reilly, Sissy Spacek, Octavia Spencer, Mary Steenburgen, Emma Stone, Cicely Tyson, Mike Vogel

Outstanding Performance by a Male Actor in a Television Movie or Miniseries
Guy Pearce – Mildred Pierce

Outstanding Performance by a Female Actor in a Television Movie or Miniseries
Kate Winslet – Mildred Pierce

Outstanding Performance by a Male Actor in a Drama Series
Bryan Craston – Breaking Bad

Outstanding Performance by a Female Actor in a Drama Series
Jessica Lange – American Horror Story

Outstanding Performance by a Male Actor in a Comedy Series
Steve Carell – The Office

Outstanding Performance by a Famale Actor in a Comedy Series
Julie Bowen – Modern Family

Outstanding Performance by an Ensemble in a Drama Series
Boardwalk Empire

Outstanding Performance by an Ensemble in a Comedy Series
Modern Family 

1 comentário

Arquivado em Oscar 2012, Premiações

O Espião que Sabia Demais (2011)

Quem já teve a oportunidade de ler a algum dos livros do John LeCarré, sabe que as suas obras tem  um ritmo lento, quase arrastado além da maneiras em que ele traz cada informação ao seu enredo central, que ao invés de ajudar vem a complicar e confundir mais ainda. E é assim que Tomas Alfredson (do excelente Deixa Ela Entrar), conta a história de seu novo longa O Espião que Sabia Demais, fiel ao livro em todo seu ritmo e confusão.

Passado em 1973, em plena Guerra Fria, o longa gira em torno de George Smiley (Gary Oldman), um veterano da divisão de elite do serviço secreto inglês conhecida como Circus. Após a morte de seu ex-chefe e de alguns fracassos em missões internacionais, ele é chamado para desvendar um mistério sobre a identidade de um agente duplo que, durante anos, trabalhou também para os soviéticos. Todos à sua volta são suspeitos, mas, como bons espiões que são, foram treinados para dissimular e trabalhar em condições de extrema tensão.

Apesar de ter um enredo bastante simples, a edição torna a história mais complicada, a sensação de não estar entendendo mais nada é constante durante o filme, e é dessa forma mesmo que deveria ser para honrar a grande obra do LeCarré. Confesso que só consegui entender o que tinha acabado de assistir quando vi o filme pela segunda vez. A parte técnica é de uma beleza incrível. A direção de arte é minimalista, elevando ainda mais a qualidade do filme, Fotografia mostra uma Londres misteriosa e acinzentada. A Trilha Sonora só eleva a expectativa para o que estar por vir.

O elenco foi muito bem escolhido, Gary Oldman traz um Sr. Smiley frio, calculista, afetado por traições e suspeitas, porém sempre transparecendo tranqüilidade, tanta que chega a amedrontar em certo ponto. Outros que se destacam são Mark Strong, John Hurt, Colin Firth, Tom Hardy e Benedict Cumberbatch. O Espião que Sabia Demais aborda a espionagem de uma forma que há muito tempo não era abordada no cinema, sem explosões, sem aparelhagem a frente de su tempo, utiliza apenas as relações humanas e as desconfianças nelas inseridas.

Nota: 8,0

Título Original: Tinker Taylor Soldier Spy
Diretor: Tomas Alfredson
Elenco: Gary Oldman, Mark Strong, John Hurt, Toby Jones, Colin Firth, David Dencik, Ciarán Hinds, Kathy Burke e Benedict Cumberbatsh

1 comentário

Arquivado em Críticas Filmes, Oscar 2012

Previsões Para os Indicados ao Oscar 2012

Amanhã as 11h30 (horário de Brasília), o presidente da academia Tom Sherak e  a atriz, indicada ao Oscar por Inverno da Alma, Jennifer Lawrence farão o anúncio dos indicados ao Oscar 2012 direto do Samuel Goldwyn Theater, em Los Angeles e será transmitido pelo canal E! Entertainment. A categoria de Melhor filme pode conter de 5 a 10 filme, porém estamos apostando em 8 esse ano. Como é de costume o Cinema Arte Diversão divulga a sua lista de aposta para os indicados que segue abaixo.

PREVISÕES PARA O OSCAR 2012

Melhor Filme

  • The Artist
  • The Descendants 
  • The Girl With the Dragon Tattoo
  • The Help
  • Hugo
  • Midnight in Paris
  • Moneyball
  • War Horse

Pode Entrar: The Tree of Life, The Ides of March ou Tinker Tailor Soldier Spy

Melhor Diretor

  • Woody Allen – Midnight in Paris
  • David Fincher – The Girl With the Dragon Tattoo
  • Michel Hazanavicius – The Artist
  • Alexander Payne – The Descendants
  • Martin Scorsese – Hugo

Pode Entrar: Terrence Malick – The Tree of Life

Melhor Ator

  • George Clooney – The Descendants
  • Leonardo DiCaprio – J. Edgar
  • Jean Dujardin – The Artist
  • Michael Fassbender – Shame
  • Brad Pitt – Moneyball

Pode Entrar: Gary Oldman – Tinker, Tailor, Soldier, Spy

Melhor Atriz

  • Glenn Close – Albert Nobbs
  • Viola Davis – The Help
  • Meryl Streep – The Iron Lady
  • Tilda Swinton – We Need to Talk About Kevin
  • Michelle Williams – My Week With Marilyn

Pode Entrar: Rooney Mara – The Girl With the Dragon Tattoo

Melhor Ator Coadjuvante

  • Kenneth Branagh – My Week With Marilyn
  • Albert Brooks – Drive
  • Jonah Hill – Moneyball
  • Nick Nolte – Warrior
  • Christopher Plummer – Beginners

Pode Entrar: Armie Hammer – J. Edgar

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Berenice Bejo – The Artist
  • Jessica Chastain – The Help
  • Janet McTeer – Albert Nobbs
  • Octavia Spencer – The Help
  • Shailene Woodley – The Descendants

Pode Entrar: Melissa McCarthy – Bridesmaids

Melhor Roteiro Original

  • 50/50 – Will Reiser
  • The Artist – Michael Hazanavicius
  • Midnight in Paris – Woody Allen
  • Win Win – Thomas McCarthy
  • Young Adult – Diablo Cody

Pode Entrar: Beginners – Mike Mills

Melhor Roteiro Adaptado

  • The Descendents – Alexander Payne, Nat Faxon, Jim Rash
  • The Girl with thw Dragon Tattoo – Steven Zaillian
  • The Help – Tate Taylor
  • Hugo – John Logan
  • Moneyball – Steven Zaillian, Aaron Sorkin

Pode Entrar: Tinker, Tailor, Soldier, Spy – Bridget O’Connor, Peter Straughan

Melhor Animação

  • The Adventures of Tintin
  • Arthur Christmas
  • Kung Fu Panda 2
  • Puss in Boots
  • Rango

Pode Entrar: Cars 2

Melhor Filme Estrangeiro

  • Footnote – Israel
  • In Darkness – Polônia
  • Monsieur Lazhar – Canadá
  • Pina – Alemanha
  • A Separation – Irã

Pode Entrar: Bullhead – Bélgica

Melhor Direção de Arte

  • The Artist
  • Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2
  • Hugo
  • Tinker, Tailor, Soldier, Spy
  • War Horse

Pode Entrar: The Help

Melhor Fotografia

  • The Artist – Guillaume Schiffman
  • The Girl With the Dragon Tattoo – Fredrik Bäckar
  • Hugo – Robert Richardson
  • The Tree of Life – Emmanuel Lubezki
  • War Horse – Janusz Kaminski

Pode Entrar: Tinker, Tailor, Soldier, Spy – Hoyt Van Hoytema

Melhores Efeitos Visuais

  • Captain America – The First Avenger
  • Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2
  • Hugo
  • Rise of the Planet of the Apes
  • Transformers: Dark of the Moon

Pode Entrar: The Tree of  Life  

Melhor Figurino

  • The Artist – Mark Bridges
  • The Help – Sharen Davis
  • Hugo – Sandy Powell
  • Jane Eyre – Michael O’Connor
  • My Week With Marilyn – Jill Taylor

Pode Entrar: W.E. – Arianne Phillips

Melhor Montagem

  • The Artist
  • The Descendants
  • The Girl With the Dragon Tattoo
  • Hugo
  • War Horse

Pode Entrar: Moneyball

Melhor Maquiagem

  • Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2
  • Hugo
  • The Iron Lady

Pode Entrar: The Artist

Melhor Trilha Sonora Original

  • Ludovic Bource – The Artist
  • Trent Reznor, Atticus Ross – The Girl With the Dragon Tattoo
  • Howard Shore – Hugo
  • John Williams – The Adventures of  TinTin
  • John Williams – War Horse

Pode Entrar: Alberto Iglesias – Tinker, Tailor, Soldier, Spy

Melhor Edição de Som

  • The Adventures of Tin Tin
  • Hugo
  • Rise of the Planet of the Apes
  • Super 8
  • War Horse

Pode Entrar: Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2

Melhor Mixagem de Som

  • Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2
  • Rise of the Planet of the Apes
  • Super 8
  • Transformers: Dark of the Moon
  • War Horse

Pode Entrar: The Advertures of TinTin

Melhor Canção Original

  • Albert Nobbs – Lay Your Head Down
  • The Help – The Living Proof
  • Machine Gun Preacher – The Keeper
  • The Muppets – Life’s a Happy Song
  • The Muppets – Pictures in My Head

Pode Entrar: The Muppets – Man or Muppet

2 Comentários

Arquivado em Oscar 2012, Premiações

II CAD Awards: Top 10 2011

10 – O DISCURSO DO REI (Reino Unido)


9 – A PELE QUE HABITO
 (Espanha)


8 – BRAVURA INDÔMITA
(E.U.A)


7 – MELANCOLIA
(Dinamarca)


6 – 127 HORAS
(E.U.A.)


5 – REINO ANIMAL
(Austrália)


4 – A ÁRVORE DA VIDA
(E.U.A.)


3 – MEIA NOITE EM PARIS
(E.U.A.)


2 – INCÊNDIOS
(Canadá)

Melhor Filme de 2011 – CISNE NEGRO (E.U.A.)

2010: A Origem (E.U.A.)

_____________________________________________________________

Balanço Geral da Premiação

  • Os longas mais indicados foram Cisne Negro (10 Indicações), A Árvore da Vida e Bravura Indômita (9 Indicações), Meia Noite em Paris (6 Indicações), Harry Potter e as Relíquias da Morte pt2 e 127 Horas (5 Indicações).
  • O grande vencedor do II CAD Awards foi Cisne Negro que além de faturar o prêmio de Melhor Filme ainda levou outros 5 Prêmios (Melhor Diretor, Atriz, Roteiro Original, Montagem e Trilha Sonora).
  • Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 2 foi o mais lembrado nas categorias técnicas levando 3 delas (Melhor Direção de Arte, Maquiagem e Som).
  • Também foram premiados A Árvore da Vida (Melhor Atriz Coad. e Fotografia), Namorados Para Sempre (Melhor Ator), O Vencedor (Melhor Ator Coad.), Margin Call (Melhor Elenco), Tudo Pelo Poder (Melhor Roteiro Adaptado), Meia Noite em Paris (Melhor Figurino), Planeta dos Macacos: A Origem (Melhor Efeitos Visuais), Os Muppets (Melhor Canção Original), O Mágico (Melhor Animação) e O Palhaço (Melhor Filme Nacional).
  • Para ver todos os vencedores das 2 edições da premiação clique aqui

1 comentário

Arquivado em CAD Award, CAD Award 2011

II CAD Awards: Melhor Diretor

Darren Aronofsky – Cisne Negro

Este que está no meu top 3 de melhores diretores da nova geração (Christopher Nolan e David Fincher completam o pódio), entrega um trabalho simplesmente brilhante em Cisne Negro, com uma direção firme ele consegue utilizar todos os elementos técnicos para elevar ainda mais a qualidade do seu filme. Responsável também pelos ótimos Réquiem Para Um Sonho e O Lutador .

OUTROS INDICADOS

Menções Honrosas: Pedro Almodóvar (A Pele Que Habito), Danny Boyle (127 Horas) e Denis Villeneuve (Incêndios)

Woody Allen – Meia Noite em Paris
Joel Coen e Ethan Coen – Bravura Indômita
Terrence Malick – A Árvore da Vida
Lars von Trier – Melancolia

2010: Christopher Nolan – A Origem

2 Comentários

Arquivado em CAD Award, CAD Award 2011

II CAD Awards: Melhor Ator

Ryan Gosling – Namorados Para Sempre

Ryan Gosling interpreta Dean, um homem comum que está passando por dificuldades no relacionamento com sua esposa. Os conflitos, diálogos  e até as cenas apaixonadas exigem muito do Gosling que faz sua interpretação ser forte e marcante.

OUTROS INDICADOS

Menções Honrosas: Paul Giamatti (Minha Versão do Amor), Ewan McGregor (Toda Forma de Amor) e Selton Mello (O Palhaço)

Javier Bardem – Biutiful
Jeff Bridges – Bravura Indômita
Colin Firth – O Discurso do Rei
James Franco – 127 Horas

2010: Colin Firth – Direito de Amar

2 Comentários

Arquivado em CAD Award, CAD Award 2011

II CAD Awards: Melhor Atriz

Natalie Portman – Cisne Negro

Fica até difícil resumir em palavras a atuação da Natalie em Cisne Negro, um dançarina de Ballet psicótica, obcecada pela perfeição. Ela vai além da interpretação, Portman se entrega de corpo e alma a personagem transmitindo a veracidade e o medo que impera na vida de Nina Seyers.

OUTRAS INDICADAS

Menções Honrosas: Elena Enaya (A Pele Que Habito), Charlotte Gainsbourg (Melancolia) e Nicole Kidman (Reencontrando a Felicidade)

Juliette Binoche – Cópia Fiel
Jennifer Lawrence – Inverno da Alma
Hailee Steinfeld – Bravura Indômita
Michelle Williams – Namorados Para Sempre

 

2010: Carey Mulligan – Educação

1 comentário

Arquivado em CAD Award, CAD Award 2011